Cuadernos de Arte Rupestre Versión en español English version Inicio
Inicio
ÚLTIMO NÚMERO
NÚMEROS ANTERIORES
MONOGRAFÍAS CEPAR
NORMAS DE PUBLICACIÓN
CONSEJO EDITORIAL

Números anteriores

Estudo e gestão de um complexo de sítios de arte rupestre Património Mundial

The Côa Valley - Research and management of an asset of World Heritage rock art sites

 

António Martinho Baptista

 

Resumo

Historia-se resumidamente a salvação da arte rupestre do vale do Côa, que conduziu, em finais de 1995, ao abandono da construção da barragem do Baixo Côa, à criação do Parque Arqueológico do Vale do Côa (1996) e à inauguração do Museu do Côa (2010). Apresenta-se uma síntese dos ciclos rupestres do Vale do Côa, suas características morfo-tipológicas, cronológicas e de jazida, bem como do seu modelo de gestão pública. Releva-se o facto da Arte do Côa e do seu Museu serem hoje uma importantíssima maisvalia na valorização turística da sua região de implantação, no Douro superior português, e de como isso contribuiu para a valorização económica integrada desta zona do interior de Portugal. Lamenta-se a reiterada falta de investimento do poder central na Fundação Côa/Parque, órgão de gestão do PAVC e do Museu do Côa.

 

Palavras-chave

Vale do Côa, Arte Paleolítica, Património Mundial, Fundação Côa/Parque, Parque Arqueológico do Vale do Côa, Arte Rupestre, Turismo, Arte da Idade do Ferro, Museu do Côa

 

Abstract

The short story of the Côa valley rock art salvation, which led, in 1995, to the cancellation of the construction of the Lower Côa dam, the creation of the Côa Valley Archaeological Park (1996) and inauguration of the Côa Museum (2010), is presented. A brief view of the Côa Valley rock art cycles, morpho-typological, chronological and deposition characteristics, as well as public management model, is also presented. Today, the Côa rock art is an important resource for tourism offer and integrated economic development in this Portuguese interior region. Lastly, the central government’s continued lack of investment in the Foundation responsible for managing the Park and Museum is noted.

 

Keywords

Côa Valley, Palaeolithic Art, World Heritage, Côa/Parque Foundation, Côa Valley Archaeological Park, Rock Art, Tourism, Iron Age Rock Art, Côa Museum

 

 

Región de Murcia CARP